terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Discografia comunidade nin-jitsu



Em 1995, Mano Changes, Fredi Endres, Nando Endres e Pancho da Cara formaram a banda Comunidade Nin-Jitsu. O primeiro show ocorreu no dia 7 de julho daquele ano, em um bar de música underground porto-alegrense: o Garagem Hermética. Os panfletos para a divulgação do primeiro show foram desenhados e recortados pela própria banda.
O grupo recebeu um novo integrante em 1996, o tecladista Sid Poffo. Em 1997, a Comunidade Nin-Jitsu gravou sua primeira música em CD-demo: Detetive. A música logo fez sucesso e a banda teve a idéia de gravar um clipe, o qual foi escolhido o "Melhor Democlip" no Video Music Brasil 1997. No final de 1998, a Comunidade lançou seu primeiro CD: Broncas Legais, com produção de Edu K (vocalista do grupo De Falla), pela RockIt! (gravadora do músico Dado Villa-Lobos), que vendeu cerca de 50 mil cópias. As letras irreverentes, cheias de humor, aliadas à mistura do funk carioca com o rock, transformaram em hits diversas músicas do CD, como Melô do Analfabeto, Rap do Trago, Merda de Bar, Quero te Levar, além de Detetive. Além disso, no primeiro CD já estava presente uma das características mais marcantes da Comunidade, que é a utilização da base de sucessos do pop-rock internacional como em suas músicas, como por exemplo, Boys Don't Cry (do The Cure) e Der Kommissar (do Falco, usada como base da música "Rap do Trago").
Em 2001, foi lançado o segundo disco, Maicou Douglas Syndrome, pela Sony Music, com produção de Dudu Marote. Foram sucessos deste CD: Cowboy, Arrastão do Amor, Patife, Fazê a Cabeça e o clássico Ah! Eu tô sem Erva. A partir daí, a banda começou a se destacar no cenário nacional.
Ao final de 2001, o tecladista Sid Poff deixou a banda. Em 2002, a Comunidade abriu o show do Red Hot Chili Peppers, em Porto Alegre. Em 2003, a Comunidade Nin-Jitsu gravou Aproveite Agora!, lançado pela Orbeat Music, um álbum menos eletrônico que os anteriores e mais voltado ao rock. O álbum trouxe hits como Aperitivado, Carburou, Fubanga e Me Faz Bem.
O ano de 2005 terminou com o lançamento do quarto disco, intitulado Comunidade no Baile, também pela Orbeat Music. O CD é uma releitura das músicas dos discos anteriores da banda, com uma batida funk mais acentuada.
Em 2006, o baterista da formação original, Pancho da Cara, deixa a banda para se dedicar à sua nova banda, a Pedrada Afú. Em seu lugar, entra Claudio Calcanhotto, irmão da cantora Adriana Calcanhoto.

Download: Atividade na Lage

Nenhum comentário:

Postar um comentário